25 de setembro de 2009

Chamados para curar

“Como a cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não pode conter o seu espírito.”(Provérbios 25:28)

O equilíbrio é algo fundamental na vida do ser humano. No século em que vivemos muitas são as crises enfrentadas em diversas áreas. E muitos, por não saberem administrá-las, acabam perturbados e envolvem-se em caminhos tortuosos que lhes roubam a paz.

Como Igreja de Cristo, fomos chamados para fazer diferença em meio a um século tão conturbado. Somos chamados para viver o Evangelho, expandido-o por onde quer que formos. Esse é o ide de Jesus.

Portanto, não podemos cumprir o ministério com eficácia se não estivermos aptos. Somente uma pessoa sã pode curar aqueles que estão doentes, ou seja, não podemos sarar outros se não estivermos curados.

Temos um chamado da parte de Deus e precisamos nos comportar de acordo com o chamado que recebemos. Para alcançarmos êxito, é necessário estarmos firmados em Jesus e termos as convicções corretas no coração. Muitos são os que trabalham apenas em busca de honra, de méritos humanos por causa de suas debilidades de alma.

Não devemos querer posição ou honra no Corpo de Cristo para pisar nas pessoas e fazer nosso próprio pódio. Muitos buscam estar na linha de frente sem saber que ficarão expostos em tal posição.

Quando servimos a Deus de coração, precisamos crer que Ele tem o lugar certo para cada um de nós. Onde estamos plantados é o lugar que Deus nos quer, porque quando Ele quiser nos levar para outro lugar, Ele fará.

Buscar posição, lugar de destaque, pode fazer adoecer. Infelizmente, muitas pessoas enfermas deixam de fazer o que Deus lhes designou por estarem equivocadas quanto ao lugar onde estão plantadas. Pessoas que vivem preocupadas, apenas buscando honras encaixam-se no versículo de Provérbios 25:28: um homem que não governa a sua alma é como uma cidade sem muros, sem proteção.

Se quisermos ser discípulos de Jesus e cumprirmos o Seu ide, precisamos nos submeter às verdades da Palavra de Deus e nos deixar tratar. Afinal, como atrairemos as vidas se elas não observarem em nós um diferencial? Lidamos com vidas e por isso temos a obrigação de nos deixar tratar para que, quando estivermos tratando com aqueles que o Senhor confiará em nossas mãos, saibamos identificar quais as suas dificuldades a partir de nossas experiências.

Para cuidar das vidas, será necessário descobrir quais são as que se deixarão tratar, porque muitos dizem que querem caminhar conosco, mas não se submetem ao tratamento. Isso é muito sério, pois há discípulos frustrados por não alcançarem êxito em sua liderança com os discípulos. Quando chegam nas células, os discípulos, às vezes, encontram dificuldades em abrir o coração aos líderes. Você que está em uma célula pode ter encontrado essa dificuldade no início e tê-la vencido. É comum as pessoas virem desconfiadas.

Muitos escândalos surgem por causa do medo que as pessoas têm em abrir o coração. Alguns discípulos são escorregadios e não dizem o que estão sentindo, quais as dificuldades que estão enfrentando. Cabe aos líderes, com sabedoria, ganhar a confiança do discípulo, buscando de Deus graça, favor e direção, para chegarmos aos seus corações. Quando isso não acontece, as células podem multiplicar frutos estragados.

Você que está em uma célula e será um futuro líder de êxito, precisa buscar em Deus a habilidade de entrar na vida dos seus discípulos de forma que promova cura e jamais venha machucá-los. Deus não nos chamou para abrirmos feridas, mas para sararmos. No entanto, precisamos entrar com seriedade na vida dos discípulos. Deus nos chamou para ganhar uma nação e para isso não podemos deixar as pessoas doentes.

Permita-se ser tratado e então cuide de todos aqueles que vierem até você e que decidirem se submeter ao que Deus tem para suas vidas. Há pessoas que pensam que estão bem e que não precisam de ajuda, porém Deus tem nos revelado que Ele veio para nos salvar no espírito, alma e corpo.

“Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem seu ouvido está surdo, para que não possa ouvir. Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça.” (Isaías 59: 1,2)

O Senhor continua com a Sua mão poderosa para nos livrar de todas as mazelas que tentam afligir o nosso ser e nos impedir de caminhar na amplitude que Ele tem para nossas vidas. Seremos como médicos. Todas as pessoas que chegarem a nós serão ‘medicadas' na alma. Mas, somente após nos dizerem exatamente o que estão sentindo para que possamos indicar o tratamento exato e assim a cura possa se manifestar apressadamente.

Deus fará uma revolução em nossas vidas. Ele monta Seus instrumentos cirúrgicos para começar uma grande operação e só dependerá de nós recebermos a cura. Precisamos nos entregar em Suas mãos e deixarmos Ele agir. Para conquistar, uma pessoa não deve ter argumentos ou amarras sobre si.

Deus quer que você se submeta aos cuidados dEle para que se inicie em sua vida o processo de cura. Os que buscam a própria honra e trabalham pelo próprio reconhecimento trazem doenças sobre a si mesmo, sobre a equipe e, por onde passam, causam danos.

Não devemos ser pessoas que não governam o falar, não cumprem ordens e são invadidas como uma cidade sem proteção por não termos equilíbrio. Jesus quer trazer ao Seu povo equilíbrio e discernimento para que em nada andemos confundidos. Tudo o que precisamos fazer é nos deixar ser tratados e cuidados, pois o Senhor virá sarará as nossas feridas e apagará as nossas iniqüidades. Então, daremos a Ele o perfeito louvor.

Cura-me, Senhor, e sararei; salva-me, e serei salvo; porque tu és o meu louvor.” (Jeremias 17:14) Apóstolos Renê e Ana Marita Terra Nova Site: http://www.mir.org.br/

Nenhum comentário:

NO CAMPO DA MENTE É QUE NÓS NOS DECLARAMOS DERROTADOS OU VITORIOSOS.